Preparação para Rosh Hashaná

Pergunta:*

O que deve ou pode um noaíta (Bnei Noach) seguir, especialmente no que diz respeito às orações de anulação de votos e outros tipos específicos de orações, em preparação para os Dias de Temor (Rosh Hashaná através de Yom Kipur)?

Resposta:

Não existe um procedimento especial que um noaíta precise seguir nos dias que antecedem ou após Rosh Hashaná. O primeiro dia de Rosh Hashaná é o Dia Anual de Julgamento de cada ser humano. Cada pessoa deve acordar neste dia (e de preferência antes deste dia!) de seu sono espiritual, e reservar tempo pessoal para fazer uma contabilidade honesta de seu caráter e obediência a D’us – quais bons aspectos devem ser reforçados e quais aspectos impróprios precisam ser corrigidos.

Da mesma forma que uma pessoa deve examinar suas ações para verificar se elas estão corrompidas com pecados e arrepender-se deles, deve analisar sua personalidade para identificar maus traços de personalidade que necessite arrepender-se e corrigir seus caminhos. Traços como raiva, ódio, inveja, sarcasmo, perseguição de posses de honrarias, de prazeres físicos ou similares. Essas supracitadas características de são piores do que muitos pecados que envolvam somente a ação. Por isso o profeta diz: “Deixe o pecador abandonar seu caminho, e o homem iníquo os seus pensamentos; volte-se ao Senhor, que se compadecerá dele, pois Ele perdoa abundantemente”. (Isaias 55:7)

Opcionalmente é possível recitar a seguinte Oração do Arrependido:

Ó D’us, eu errei, pequei e cometi transgressões propositais diante de Ti, fiz aquilo que consideras ser mal, especialmente os pecados de: (detalhe os erros ou pecados específicos). Estou sinceramente envergon-hado por meus pecados, me arrependo e assumo o firme compromisso de não voltar a fazer isto. Por favor, D’us, perdoe meus pecados e transgressões com Sua infinita graça e compaixão e conceda-me expiação como está escrito em (Isaias 55:7): “Deixe o pecador abandone seu caminho, e o homem iníquo os seus pensamentos, e retornara ao Senhor que se compadecerá dele, e ao nosso D’us, pois Ele perdoa abundantemente”. E foi dito (Ezequiel 18:23): “Não desejarei a morte do iníquo; somente desejo que ele retorne de seu caminho e vivera!”

(Orações, Bençãos, Princípios da Fé, e Serviço Divino para Noaítas)

 

Orações de Rosh Hashaná são discutidos em nossa página web abaixo:
https://asknoah.org/essay/suggested-prayers-for-noahides-on-rosh-hashanah (em inglês).

Há costumes judaicos de se recitar o Salmo 27 diariamente a partir do primeiro dia do mês hebraico de Elul (um mês antes de Rosh Hashaná) ao longo do dia de Hoshanah Rabá (o último dia intermediário da festa judaica de Sucot), e Salmo 130 diariamente, de Rosh Hashaná até Yom Kipur. Em geral pode-se adicionar e recitar qualquer Salmos durante estes dias (por exemplo, o Salmo 51). Acima de tudo, deve-se saber que o arrependimento sincero (especialmente quando acompanhado pela oração e caridade adequada) pode suavizar ou alterar o julgamento de D’us para uma pessoa, porque Ele deseja que aqueles que transgrediram Seus mandamentos retornem a Ele a partir desse momento e vivam (tanto física quanto espiritualmente).

Se você fez um voto ou juramento específico que você se arrepende de ter feito e gostaria de tê-lo anulado (antes de Rosh Hashaná, ou em qualquer momento durante o ano), você deve seguir o procedimento indicado para noaítas em O Código Divino (inglês), uma vez que apenas alguns tipos de votos e promessas podem ser anulados, se houver uma justificação adequada. O procedimento de anulação de um voto ou juramento deve ser feito pessoalmente:**

https://asknoah.org/essay/before-rosh-hashanah-prayers-and-annulment-of-regretted-vows

O Dr. Michael Schulman (Asknoah.org) generosamente acrescenta aqui algumas explicações muito importantes extraídas do livro citado acima, O Código Divino:

“Os procedimentos pelos quais um gentio pode ser capaz de obter a anulação de uma promessa que ele fez são descritos em O Código Divino, Parte III, capítulo 4, na Anulação de Votos e Promessas. Ele pode solicitar a anulação na frente de 1, 2 ou 3 pessoas (ou seja, eles precisam estar juntos). Essas pessoas devem ser de confiança e eles devem estar muito bem informados sobre em quais condições se torna possível um voto ser anulado. (Por exemplo, elas deveriam ler esse capítulo no Código Divino com afinco, devoção e temor à D’us. Em seguida, eles estariam suficientemente bem informados sobre o assunto.) Elas não precisam ser estudiosas, ou serem judeus, e elas podem ser homens ou mulheres.”


*Feita com prévia autorização do responsável pelo site.

**The Divine Code, Parte III , capítulo 4, na Anulação de Votos e Promessas: https://www.amazon.com/dp/B0719SDQVM/

Share