Rabino Moshê Weiner – Mensagem da Páscoa Para Todos Noahides

Traduzido e adaptado do original http://asknoah.org/essay/moshe-weiner-passover-message-noahides autorização prévia dos responsáveis pelo site AskNoah.org.

Carta de Saudações e Bênçãos do

Rabino Moshê Weiner

Rabino Supervisor de Ask Noah Internacional e autor de

Sheva Mitzvot Hashem e O Código Divino

Véspera da Páscoa, 5776 / 20’16

 Aproveito esta ocasião para lhe escrever, em homenagem ao aniversário no dia 11 de Nissan do líder espiritual da geração, o Rabino Menachem Mendel Schneerson, que fez a nossa geração consciente da possibilidade e capacidade, e a grande obrigação, de se espalhar para os Filhos de Noah os ensinamentos de D’us na Torá que foi dada por meio de Moisés: Todos eles (não-judeus) devem aceitar sobre si mesmos os Mandamentos Universais que foram ordenados a Adão, a Noé, e toda a humanidade depois deles, e aceitar o jugo da Realeza do Céu completamente.

Como seus alunos, apelamos a todas as pessoas a acreditar no D’us UM, o único Criador do Universo, e para cumprir Seus Mandamentos com alegria, uma vez que são a verdadeira correção para todos, tanto como indivíduos e como sociedades em geral.

O Festival da Páscoa foi celebrada pelo povo de Israel por mais de 3300 anos como a Festa da Liberdade, pois durante a Páscoa original, D’us veio para nós (Judeus) redimir da escravidão e servidão e fez de nós um povo, e nos legou Sua Torá no Monte Sinai através de Moisés Seu servo.

A partir do Festival da Páscoa todos podem aprender a Grande Fé e Confiança que convém para todas as pessoas, ter um D’us apenas, e que Ele é o Único que redime e salva, como Povo de Israel tem acreditado na salvação de D’us por milhares de anos.

Ele também é apropriado para que todas as pessoas acreditem e confiem que o Eterno, D’us do céu e da terra, cuida de todos e atribui a cada pessoa um papel e propósito no mundo. Este papel começa quando uma pessoa tem uma completa fé em D’us, aceitando o jugo da Sua Realeza e observando os Seus Mandamentos e cumprindo essas coisas com alegria.

Um ponto adicional e importante que aprendemos com o Festival da Páscoa – de acordo com nossos sábios, de abençoada memória – é que, assim como os nossos antepassados ​​(dos judeus) foram resgatados do Egito, da mesma forma, no futuro próximo, vamos ser resgatados pelo verdadeiro Messias da Casa de Davi. Ele redimirá o povo de Israel do exílio, e nos levará para a Terra de Israel, e construirá nosso Templo Santo e Esplendoroso.

Isso também faz parte da Festa da Liberdade: Comemorarmos não só nossa liberdade passada do Egito, mas também a nossa crença e expectativa na nossa futura liberdade que D’us prometeu para nós!

A futura Redenção através do Messias será semelhante a redenção do povo de Israel do Egito por meio de Moisés nosso mestre, mas ela será muito maior e esplendorosa, em comparação com a redenção milagrosa da escravidão no Egito, que é registrada no livro do Êxodo. [1] Uma das maravilhas da futura redenção é a revelação da Luz Divina que vai brilhar para o mundo inteiro, a toda a humanidade. [2]

A partir do poder desta Luz, todas as pessoas vão reconhecer a verdadeira existência do Mestre do Mundo, que preenche todo o Universo, como dito pelo profeta Isaías (52: 8-10): “com seus próprios olhos verão quando o Eterno voltar a Sion. Prorrompei em cânticos, cantai com júbilo, exultai juntas, ó ruínas de Jerusalém; porque o Eterno confortou o Seu povo e redimiu Jerusalém. D’us descobriu o Seu santo braço perante os olhos de todas as Nações, e todos os confins da terra verão a Salvação que vem do nosso D’us”.

Assim como Moisés, nosso mestre, no Monte Sinai começou a retificar o mundo, incluindo todos os Filhos de Noé, dando os Sete Mandamentos que foi ordenado para eles, também, o Messias vai ensinar e mostrar ao mundo (mas de uma maneira mais maravilhosa) o mesmo reconhecimento na verdade do Criador do Universo que começou a ser revelado por Moisés.

É um grande mérito para todos e cada um de nós para trazer a si e sua comunidade para essa fé e antecipação dessa futura liberdade para o mundo inteiro. Esta será a libertação do mal e da mentira e uma redenção pelo qual mereceremos sair da escuridão para uma grande e verdadeira luz.

Quão grandiosas são as palavras de Maimônides (Rambam) em Leis de Arrependimento, Capítulo 3: “É necessário para cada pessoa se observar ao longo de todo o ano, como se ele fosse igualmente equilibrado entre o mérito e a responsabilidade, e da mesma forma o mundo como igualmente equilibrado entre o mérito e a responsabilidade … se ele executa uma mitzvah [boa ação], ele indica seu equilíbrio e que de todo o mundo pende para o lado do mérito e traz libertação e salvação a si e aos outros “.

Todos e cada um de nós que aceitar isso deve adicionar em atos de bondade e gentileza, e merecerão ter uma parte desta grande luz que está destinada a brilhar no mundo através do Messias.

Encerrando com bênçãos,

Rabino Moshê Weiner

Nossa Sagrada Cidade de Jerusalém

Israel, nossa Terra Santa [3]

 

[1] Tal como explicado nos ensinamentos Chassídicos no verso Miqueias 7:15, “Como nos dias da tua saída do Egito, eu [D’us] irei mostrar-lhes maravilhas!”

[2] Isaías 60: 3.

[3] Ver Rashi sobre Gênesis 1:1

Share