A FESTA DE PURIM

PurimA data de Purim é o dia 14 de Adar (em 20’17, está entre as noites de 11 e 12 de março). Um Noético que deseja de alguma forma envolver-se, pode ler o Livro de Ester em Purim¹, e também permitir ser inspirado pelas inúmeras mensagens universais de Purim e que um Noético pode tomar para o coração e implementar naquele dia e em geral na sua vida diária:

1) Reconheça que D’us está intimamente no controle de todos os eventos do mundo, tanto os grandes eventos e os eventos aparentemente “pequenos”, mesmo que Sua influência orientadora pareça estar escondida por um período de tempo, como foi durante os eventos que levou até o milagre de Purim. Isso é chamado de Providência Divina individual. Se os maus parecem prevalecer durante um período de tempo, é apenas porque que eles serão anulados – ou a sua maldade será derrubada e eles vão se arrepender, ou eles mesmos serão derrubados.

2) Todo o indivíduo tem a responsabilidade de fazer o que é correto aos olhos de D’us e para atender ao chamado imediato de apoiar os princípios orientadores da Torá de Hashem. Você não deve se sentar de braços cruzados e esperar que alguém vá cumprir sua missão por você! Mas o que é necessário tem que ser explicado pela Liderança Espiritual Judaica desta geração, que é como Moisés em seu tempo, ou Mordechai no seu tempo, porque D’us dá a esta pessoa o discernimento inspirado para saber o que é necessário em um determinado momento. Por exemplo, no momento do Hanukkah, Matisyahu revelou que a chamada da hora era para se levantar e lutar contra os gregos opressivos. Quando um grupo corajoso de judeus fizeram isso, eles foram respondidos com milagres Divinos. Em contraste, na época de Purim, Mordechai revelou que a chamada da hora era para os judeus retornarem ao estudo da Torá e observância dos seus mandamentos, com arrependimento e oração. Quando todos os judeus fizeram isso durante todo o ano em que estavam sob a ameaça de mau decreto de Hamã, eles foram respondidos com abundância de milagres de D’us.

3) Seja feliz e faça os outros felizes! Durante o mês hebraico de Adar em que acontece Purim, é um momento para o aumento na felicidade, apenas para seu próprio bem, que vem de felicidade em sua fé em D’us. Felicidade tem o poder de romper barreiras espirituais e transformar o que parece negativo em uma situação que será feliz e positiva de uma forma aberta.

4) Faça Caridade (Tsedaká) adequada para as necessidades físicas das pessoas pobres. (Esta é uma das observâncias tradicionais que os judeus são obrigados a fazer durante o dia em Purim.) LEIA MAIS SOBRE TSEDAKÁ AQUI.

5) A única festa judaica que envolve especificamente presentear como uma de suas observâncias tradicionais é Purim. Os judeus são obrigados pela Lei da Torah a dar pelo menos um presente de pelo menos dois tipos diferentes de alimentos prontos (ou de alimentos e bebidas), a pelo menos um amigo judeu durante o dia naquele dia. É tradicional que os homens presenteiem aos homens e as mulheres presenteiem às mulheres. Um Noético pode participar desta atividade específica de Purim, mas não como uma questão de observância religiosa!

6) Segundo o Talmud, o Rei Davi escreveu o Salmo 22 como uma profecia da Oração da Rainha Ester, quando ela arriscou sua vida por ir ao Rei sem ter sido convidada, no terceiro dia de seu jejum, para convidá-lo então a juntar-se a ela em uma festa privada, juntamente com o malvado Hamã.

*1 Se um Bnei Noach (Gentio) ouve ou lê o Livro de Ester em Purim, ele ou ela NÃO DEVE DIZER A BENÇÃO LITÚRGICA JUDAICA associada para fazer disso um mandamento naquele dia! Isto seria uma declaração falsa! Já que é sabido que Noahides não são ordenados a observar este mandamento!

Tradução e adaptação do original http://asknoah.org/essay/purim feito com prévia autorização do responsável pelo site.

Share